Emergindo para 2017

O que lhe dá prazer? Ver o nascer do dia que traz novas esperanças, novos anseios… Sentir pela primeira vez emoções que lhe enchem de vida tornando suas sensações mais intensas… O beijo que tanto procurou e que acabou sendo surpreendida por lábios que só exprimiam palavras sem sentido… Um livro cujo enredo era o…

Read more

O abraço

Abraço

Saudade do abraço que não foi dado…

Do beijo que não foi roubado…
Das palavras que foram ditas através das lágrimas escorridas…
Da troca de olhares que revelava todos os nossos pesares…
Do modo sutil de fazer amor através do único prazer que nos restou, a dor.

A realidade da minha imaginação

A realidade da rainha de copas

Quem disse que o imaginário não é a melhor realidade para se viver?

Depois de sincronias que me deixaram completamente encantada, acordei vivendo a realidade que ontem
me foi mostrada como se o coelho de Lewis Carroll estivesse indicando o verdadeiro caminho para um
acontecimento extraordinário. O desdobrar de uma experiência que sempre senti e que agora poderei
trazê-la ao o que EU chamo de REAL.

O que se passa dentro de minhas emoções me faz mergulhar num universo mágico que nos permeia de
modo tão perene que basta um sinal para que embarquemos sem data de volta, a um destino que
todos nós temos mas que poucos buscam, a eternidade de nossa verdadeira e única ESSÊNCIA, em
outras palavras, o verdadeiro motivo de estarmos intensamente VIVOS.

A carta

Querido(a) Fantoche, Sabe quantas vezes ensaiei lhe escrever uma carta? Não uma carta qualquer. Uma carta de várias páginas que a cada virar de folha você pudesse sentir exatamente minha emoção ao escrevê-la. Um resgate emocional capaz de lhe provar a cadência de nossos sentimentos. Sim! Digo nossos porque você nunca teve coragem de se…

Read more

Meu primeiro amor

Meu primeiro amor, não tão cedo acabou… (Embalada pela música Eternally do grupo Il Volo) Descobri meu primeiro amor há 34 anos, ou seja, aos 8 anos de idade. Na época não sabia definir aquele sentimento acolhedor que me fazia sorrir com olhos. Que fazia com que olhasse as horas continuamente achando que dessa maneira…

Read more

PALAVRAS QUE NOS DEFINEM…

Descobri que para uma escritora, pelo menos para mim, “certas pessoas” aparecem em nossas vidas com um único intuito, nos prover de mais palavras. De palavras que não ousaria escrever se não tivesse motivo. Palavras que se tornam vivas quando nos deparamos com essas “pessoas”. Não falo de qualquer pessoa. Refiro-me aquelas que inconscientemente carregam…

Read more

Será que você “Kombina” comigo?

Caro(a) passageiro(a), Antes de mais nada preciso lhe dizer o quanto sou apaixonada por Kombis. Para mim este simpático veículo não é apenas um meio de transporte, mas um condutor de sentimentos recheado de deliciosas emoções daquelas que se tem vontade de colocar no loop para ficar sentindo infinitamente. Tipo comer algodão doce enquanto se…

Read more